14 MITOS E VERDADES SOBRE REFORMA DE PNEUS

Sucesso do cliente: você sabe o que é e como isso pode fortalecer seu negócio?
15 de junho de 2021
  • Pneus recapados não apresentam a mesma performance que um pneu novo?

Mito. O pneu reformado apresenta em muitos casos um rendimento até superior ao de pneus novos, isso devido ao fato de que as bandas pré-moldadas (borracha que é aplicada no processo de reforma de pneus) passam por um processo de prensamento mecânicos semelhante ao de fabricação de um pneu novo.

  • Reforma de pneus representa redução de custos?

Verdade. Um pneu pode em média ser reformado de 2 a 3 vezes. O custo de reforma de pneus representa menos da metade de um pneu novo, o que garante uma economia substancial.

  • Pneu reformado tem quilometragem inferior a de um pneu novo?

Mito! Um pneu reformado em uma Reformadora de Pneus de qualidade resulta em uma pneu com quilometragem igual ou superior a de muitos pneus novos. Assim como em pneus novos, deve se levar em conta aspectos como o composto da borracha utilizada, estrutura da carcaça, desenho, condições de uso e etc.

  • É necessário realizar a manutenção preventiva dos pneus reformados (calibragem e rodízio)?

Verdade. Valem as mesmas regras de cuidados que devemos ter com os pneus novos, tanto de calibragem quanto de rodízio: No caso da rodízio, o mesmo deve ser realizado a cada 10 mil km.

  • Pneus reformados são ecologicamente sustentáveis?

Verdade. Para cada pneu reformado, em média são deixados de consumir 57 litros de petróleo, ou seja, a reforma de um único economiza petróleo para abastecer 2 caminhões.

  • Qualquer pneu pode ser reformado?

Mito. Embora tecnicamente seja possível realizar o processo de reforma em praticamente qualquer tipo de pneu, os mesmos devem estar autorizados e seguirem todas as regras de segurança estabelecidas pelo INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia). Também os pneus passam por uma avaliação/exame, onde se avalia se a estrutura dele está conservada e apresenta as condições que o tornam apto para ser reformado, por isso, antes de reformar um pneu, peça se a empresa possuí o selo do INMETRO.

  • Não existe garantia para Pneu Reformado?

Mito. O Pneu reformado tem garantia que varia de acordo com o fabricante da banda pré-moldada e da Reformadora de Pneus ecolhida.

  • Existe um indicador para saber o momento de troca do Pneu reformado?

Verdade. O indicador Tread Wear Indicator (TWI) é uma saliência localizada no desenho do pneu reformado (parte que toca o solo). Assim como no caso do pneu novo, quando o desgaste da banda atinge o mesmo (1,6mm) o pneu deve ser trocado, ou, passar por um novo processo de recapagem.

  • Todas as Reformadoras de Pneus estão autorizadas a realizar o serviço de Reforma de Pneus?

Mito. O processo de Reforma de Pneus segue rígido controle de qualidade, que garante a performance e segurança dos pneus Reformados. Só ao atender tais exigências previstas na legislação, a empresa recebe o selo do INMETRO e está autorizada a realizar o serviço, muito embora sabemos que existem muitas empresas não autorizadas que realizam o serviço , o que leva a comprometer a segurança e durabilidade do Pneu Reformado.

  •  Pneus recapados não suportam o trânsito pesado?

Mito. O que interfere na capacidade de carga de um pneu é índice de carga. Esse indicador pertence a carcaça do Pneu, ou seja, a estrutura dele, e não a banda de rodagem, (área que toca o chão) e que é substituída no processo de Reforma de Pneus. Em suma: A substituição da banda de rodagem não altera a capacidade de carga original do Pneu, sendo esta mantida exatamente igual a que tinha quando saiu novo da fábrica.

  •  Não há como saber se a Reformadora de Pneus é confiável?

Mito. No site do INMETRO existe uma área específica para consulta, onde é possível pesquisar se a Reformadora é certificada: http://registro.inmetro.gov.br/consulta/

  •  Os Pneus Reformado são feios ou estranhos?

Mito! A diferença da aparência de um pneu Reformado para um pneu novo é muito pequena. O refinamento depende um pouco do acabamento e do zelo da Reformadora que realizou o processo, mas em muitos casos são tão bonitos que podem facilmente serem confundidos.

  •  Pneu reformado tem carcaça ruim?

Mito. Em verdade, a estrutura da carcaça de um pneu novo tem vida útil muito superior à da banda de rodagem inicial, desta forma, elas passam por uma série de testes e exames que atestam a qualidade da estrutura, para que sejam consideradas aptas a receber uma nova banda de rodagem. Caso essa carcaça não esteja nas condições exigidas essa carcaça é descartada.

  •  Pneus recapados não suportam altas temperaturas?

Mito! É quase impossível um pneu ser danificado pelo calor do asfalto, seja ele novo ou reformado. Geralmente os problemas que acontecem com pneus são relacionados a falta de manutenção preventiva, como falta de calibragem e  rodízio adequado por exemplo, ou seja, seja pneu reformado ou novo, cuide bem do seu pneu para que ele possa rodar muito mais.

Escrito por: Junsoft Sistemas

Nosso WhatsApp