Qual a importância do alinhamento e balanceamentos nos pneus?

É normal o mecânico realizar o alinhamento e balanceamento nos pneus quando levamos o carro para a revisão periódica. Mas será que as pessoas sabem a importância de cada um deles? Ainda é comum no mercado a dúvida relativa à melhor forma de realizar estes serviços fundamentais para aumentar a vida útil de um pneu e dos componentes da suspensão. “É necessário ficar precavido e entender cada procedimento realizado no carro”, alerta José Carlos Quadrelli, Gerente Geral de Engenharia de Vendas de uma fabricante de pneus.

Menos de 50% das reformadoras conquistaram o registro do Inmetro

Desde 19 de novembro do ano passado, quando terminou o prazo de adequação à Portaria nº 444 da RAC (Regulamentação de Avaliação da Conformidade) para pneus comerciais, menos de 50% das Unidades Reformadoras obtiveram o registro no Inmetro – Instituto Nacional de Metrologia.

5 de junho: Dia Mundial do Meio Ambiente

Em homenagem ao Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado hoje, 05 de junho, o Sindipneus criou uma campanha publicitária alusiva a atividade de reforma de pneus e os inúmeros benefícios ao planeta. A peça foi enviada a cerca de 1500 empresas do setor via email marketing e divulgada nas redes sociais. Confira! 

Sindipneus apresenta novo diretor executivo

Nesta segunda-feira, 3 de junho, o presidente do Sindipneus, Paulo Bitarães, se reuniu com empresários do setor na sede do Sindicato, em Belo Horizonte, para apresentar o novo diretor executivo, Paulo Cecílio, que de imediato iniciará seus trabalhos junto à entidade sindical.

Vitória do Sindipneus representa avanço na luta contra a proibição de pneus reformados de motos

Decisão da justiça foi favorável à empresa Renovadora de Pneus  Marialva

O Sindipneus, através de seu Assessor Jurídico, Dr. Samuel Oliveira Maciel, obteve decisão favorável em processo judicial (Mandado de Segurança nº 35437-39.2011.4.01.3400 da 20ª Vara Federal do Distrito Federal) para a RENOVADORA DE PNEUS MARIALVA LTDA. Em referida decisão de Primeira Instância, houve concessão da segurança determinando que o Conselho Nacional de Transito (CONTRAN)  deixe de exigir da empresa o cumprimento da Resolução nº 376/2011, que restabeleceu a vigência da resolução nº 158/2004, cujo objeito é proibir o uso de pneus reformados em ciclomotores, motonetas, motocicletas e triciclos, bem como rodas que apresentem quebras, trincas e deformações.