Sindipneus ministra palestra para policiais rodoviários federais

O Sindipneus, por meio do consultor técnico e engenheiro mecânico, Vanderlei Carvalho, ministrou, na manhã desta segunda-feira, 27/11,  uma palestra na sede da Polícia Rodoviária Federal, em Contagem, para policiais responsáveis pela coordenação das fiscalizações nas rodovias. O objetivo do Sindipneus era reforçar para os participantes a importância de uma fiscalização mais rigorosa nas estradas, especialmente no que diz respeito à substituição dos pneus que já não possuem mais condições de circulação, através da observação do índice de TWI (Tread Wear Indicator). “Estima-se que os pneus carecas sejam responsáveis por 20% dos acidentes de trânsito. Podemos reduzir significativamente este numero apenas com a intensificação da fiscalização”, explica Vanderlei Carvalho.

Durante a palestra, o consultor esclareceu informações técnicas, como construção dos pneus e significado dos códigos estampados nas laterais da banda de rodagem, e aproveitou, ainda, para abordar as principais curiosidades sobre a atividade de reforma de pneus,  tema que despertou dúvidas entre os policiais. “Os preconceitos existentes com a reforma de pneus nada mais são que falta de informação. A atividade é segura e permitida por lei, mas deve ser feita em empresas credenciadas junto ao Inmetro e conseguimos enfatizar isso na palestra”, completa Vanderlei. No final da apresentação, os policiais ganharam profundímetros e praticaram a medição do TWI nos pneus.

Novas palestras serão realizadas pelo Sindipneus a fim de capacitar o maior número possível de policiais no estado. “Temos que trabalhar ao lado desses profissionais munindo-os de informações para que possam fiscalizar com eficiência e rigor os pneus nas estradas, proibindo a circulação daqueles automóveis cujos pneus não possuem condições mínimas de segurança. Contribuir para a diminuição dos acidentes nas rodovias também é nosso papel enquanto sindicato patronal representante do setor”, enfatiza o presidente do Sindipneus, Paulo Bitarães.