Bridgestone ajuda consumidor a conhecer os dados técnicos dos pneus

Você já parou para reparar em todos aqueles números, letras e riscos estampados na lateral do pneu do seu carro? Pois deveria. Por isso, a Bridgestone, maior fabricante de pneus do mundo, ajuda você a ler esses ‘códigos’ que dão informações valiosas sobre as características do produto e ajudam a tirar o melhor proveito dele. Por meio da leitura, você descobre informações como a capacidade de carga e velocidade na qual o produto pode ser submetido, o que ajuda na hora de substitui-los.

Motoristas adiam, ao máximo, troca de pneus

A venda de pneus no primeiro semestre de 2017 registrou queda de 0,8% em relação ao mesmo período de 2016. No mesmo período, a produção aumentou 2,6%, com destaque para pneus agrícolas (33,2%), de camionetas (11,7%) e fora de estrada (11,4%). Já a produção para veículos de passeio apresentou queda de 0,2%. No total, foram produzidos 34.467.058 de pneus em 2017, contra os 33.603.113 no primeiro semestre de 2016. “Mesmo com o aumento da produção de pneus e de um pequeno avanço nas vendas no ano, os resultados seguem abaixo do esperado”, diz o presidente- -executivo da Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos (Anip), Klaus Curt Müller.

Bridgestone ensina a importância do Rodízio dos pneus

A manutenção preventiva dos pneus é fundamental para garantir a segurança do motorista e dos passageiros. A Bridgestone, maior fabricante de pneus do mundo, indica, entre um conjunto de medidas a serem tomadas para prolongar sua vida útil, o rodízio. Este importante procedimento permite que o desgaste dos pneus ocorra de maneira estável, equilibrando o desempenho em termos de dirigibilidade e frenagem.

Profundidade dos sulcos do pneu: entenda por que cada milímetro conta

Programando pegar a estrada com a família nas férias de julho? Então responda rápido: quando foi a última vez que você prestou atenção na profundidade dos sulcos dos seus pneus?

Continental reforça dicas de calibragem dos pneus no mês da segurança no trânsito após resultado de pesquisa interna

•34 % dos motoristas ainda rodam com pneus calibrados de maneira incorreta

•Trafegar com pneus abaixo da pressão recomendada reduz a vida útil em cerca de 20% e gera desperdício de combustível

•Há anos a Continental persegue a estratégia de longo prazo “Visão Zero” com o objetivo de aumentar a segurança e zerar as de fatalidades no trânsito